Nutrição e concentração: quais tipos de alimentos te ajudam a estudar melhor?
13/11/2020
Departamento de Marketing
Para você ter uma mente afiada e fazer seus estudos renderem mais, cuidar da saúde é fundamental. E esses cuidados começam com uma alimentação saudável! Por isso, hoje, vamos dar algumas dicas de quais alimentos podem te ajudar a melhorar sua concentração. Continue a leitura!

Como está sua alimentação? São tantas responsabilidades que precisamos dar conta que talvez você esteja negligenciando a necessidade de uma alimentação correta e saudável. A falta de tempo pode fazer você engolir o seu café da manhã correndo, ou viver de fast food, por exemplo.

Mas, muito além de contribuir para a saúde física, consumir alimentos saudáveis é um hábito que atua como um poderoso aliado do seu poder de concentração e foco, tão necessários para seus estudos renderem mais.

Quer saber melhor sobre isso e conferir dicas sobre os alimentos que mais te ajudam nessa questão? Então continue essa leitura!

 

A importância de criar hábitos saudáveis

Antes de falarmos sobre os alimentos que podem te ajudar e como eles fazem isso, uma dica importante é se atentar para organização da sua rotina.

Se você planejar os seus horários para as refeições e seguir com o cronograma, a questão de comer qualquer coisa no tempo que sobra já fica resolvida. É preciso disciplina, mas vai valer a pena.

Baseado em sua rotina, crie uma planilha com os melhores horários e separe um horário para deixar uma comida saudável pronta para agilizar na hora de consumi-la. Existem muitos aplicativos que podem te ajudar, tanto na organização quanto para te lembrar que é hora de comer.

Aproveite que já está se organizando e tente incluir em sua rotina exercícios físicos, se você ainda não os faz. Além de isso ser mais um fator que vai te ajudar a melhorar a concentração, é um incentivo para cuidar melhor da alimentação.

O exercício vai estimular o seu metabolismo e seu corpo vai pedir por nutrição, eliminando o problema de “esquecer” de comer, algo muito comum de acontecer com quem tem uma vida muito corrida.

 

Alimentos ideais para te ajudar nos estudos

Agora vamos para dicas mais práticas, porém, é importante enfatizar que nada substitui as orientações de um nutricionista! Cada organismo é diferente e o profissional de nutrição vai poder indicar os melhores alimentos para o funcionamento ideal do seu corpo.

Mas algumas coisas podemos adiantar por aqui, enquanto isso! A primeira regra é: hidrate-se bem, sempre. Mantenha uma garrafinha de água por onde for. Só isso já faz maravilhas para sua concentração, foco e motivação. Além disso, todo o seu corpo agradece, até mesmo sua pele.

Uma coisa legal de se ter em mente para não desanimar é que uma alimentação saudável não é algo restritivo e chato. Não quer dizer que você vai ter que cortar aquelas suas guloseimas favoritas. É só uma questão de equilíbrio.

Vamos aos alimentos que você precisa lembrar de acrescentar em sua dieta!

Escolha tudo o que for rico em ômega 3. Além de fortalecer sua memória, você ganha mais disposição. Exemplos: linhaça, azeite de oliva, peixe e outros frutos do mar.

Outros nutrientes que são ótimos para seu sistema nervoso são as hortaliças de cor verde escura, como espinafre, couve, brócolis e rúcula, por exemplo. Eles são fonte de ácido fólico, ótimos para proteger a massa cinzenta, inclusive ajudando a diminuir os riscos de demência.

Alimentos ricos em gorduras boas são ótimas opções, uma vez que otimiza as conexões entre os neurônios. Mas, claro, como dissemos antes, tenha equilíbrio e não exagere no consumo. Exemplos de fontes dessas gorduras boas são: abacate, gergelim, azeite de oliva, amendoim, amêndoa, castanha-do-pará e óleo de canola.

Aliás, o abacate também é excelente fonte de vitaminas B6, B12, C e E, luteína, colina e selênio, que também cuidam da saúde dos neurônios.

Chás de camomila e hortelã são indicados também. Eles não têm relação direta com a memória, porém são ótimos aliados de uma boa noite de sono e da sua digestão. E eles, sim, auxiliam a sua memória.

Você sabia que o cacau melhora sua circulação sanguínea e tem efeitos antioxidantes? Por isso, o chocolate também entra na nossa lista, mas apenas o amargo, com 70% de cacau e em poucas quantidades!

Esses foram alguns exemplos, mas lembre-se: tenha refeições diversificadas. Frutas, verduras, legumes, grãos. Dê preferência por refeições caseiras, evite industrializados e não pule refeições.

Esperamos que este conteúdo tenha te ajudado e inspirado a melhorar seus hábitos! Compartilhe com algum amigo que possa se interessar!

 

Ah, e se você adora esse assunto, já pensou em cursar Nutrição? Aqui na São Luís oferecemos essa graduação e o nosso Vestibular Digital 2021 já está aí. Vem estudar com a gente!

Nutrição e concentração: quais tipos de alimentos te ajudam a estudar melhor?