Você sabe a diferença entre Bacharelado, Licenciatura e Curso Técnico?
20/09/2019
Departamento de Marketing
O momento da escolha de uma formação superior passa, primeiramente, pela área de atuação que a pessoa deseja seguir. Contudo, há três opções nesse sentido e entender a diferença entre bacharelado, licenciatura e curso técnico pode ajudá-lo a compreender qual é mais viável e alinhada com suas metas e objetivos. Acompanhe a leitura para saber mais!

Cada um desses três cursos superiores apresenta características próprias e que podem criar uma dúvida na cabeça dos potenciais alunos. E, você: sabe a diferença entre bacharelado, licenciatura e curso técnico? Neste artigo abordaremos como funciona cada um deles – ampliando e esclarecendo as suas opções para o futuro profissional.

Bacharelado: atuação especializada

O bacharelado é a principal maneira de se formar em um curso de nível superior, atualmente, com a maior oferta de vagas. É cursado em faculdades e universidades que têm a liberação do Ministério da Educação (MEC).

Administração, Publicidade e Propaganda, Direito, Ciências Contábeis, Engenharias e uma série de outros cursos entram na lista de bacharelados. Sua principal característica é a especialização: o acadêmico sai formado e pode atuar diretamente na área, principalmente as que exigem diploma e habilitação profissional.

Diferentemente da licenciatura (que iremos abordar abaixo), o bacharel não está apto a dar aulas de disciplinas específicas na educação infantil, ensino fundamental e médio – apenas em nível superior, desde que se especialize depois do bacharelado, fazendo um curso de pós-graduação lato sensu ou stricto sensu. Sua duração varia: há cursos de até 6 anos no Brasil.

Licenciatura: professores

A licenciatura, diferentemente de alguns cursos de bacharelado, tem uma prática mais voltada à teoria. Isso pode ser entendida pela atuação profissional após a formação: esse tipo de graduação é específico para quem deseja trabalhar como professor.

Contudo, o nível de docência da licenciatura permite apenas o ensino na educação básica, como a Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II e Ensino Médio. Pode atuar nas esferas pública e particular. É da licenciatura que surgem os atuais professores das gerações que compreendem de 1 até 17 anos (considerando a idade regular de cada série).

Entre os cursos de licenciatura que se destacam estão a Pedagogia, Matemática, Letras, Geografia, Biologia, entre outros. Vale o destaque: profissionais de licenciatura com Mestrado e Doutorado podem ministrar aulas para o ensino superior.

Tecnólogo: áreas de necessidade

Para complementar é importante destacar o tecnólogo. Baseia-se em áreas da tecnologia – principalmente aquelas que demandam profissionais qualificados, melhoras na infraestrutura e inserção de novos conhecimentos.

A atuação em cursos do gênero conta com uma ampla gama de atividades práticas. O curso de tecnólogo é mais sucinto que seus dois “concorrentes”: de dois a três anos para a formação, sendo atrativo para inúmeras pessoas que desejam se formar rapidamente.

Há diversos campos do conhecimento que se enquadram nessa modalidade, como por exemplo, Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Ao contrário dos cursos técnicos de nível médio, essa opção é considerada como nível superior.

Qual escolher?

Fazer uma escolha depende muito do perfil e da profissão desejada. Saber a diferença entre bacharelado, licenciatura e curso técnico engloba também o tempo para se formar, a disponibilidade da formação na região em que vive e o mercado de trabalho. Em todos os sentidos, eles convergem em um ponto muito importante: o diploma de um curso superior.

E aí, já decidiu o seu curso? Dê uma olhada em nosso site, leia mais detalhes sobre os cursos que te despertam o interesse e se inscreva no Vestibular 2020 da Faculdade São Luís!

Você sabe a diferença entre Bacharelado, Licenciatura e Curso Técnico?