O que NÃO fazer em uma entrevista de emprego?
30/10/2020
Departamento de Marketing
Você preparou seu currículo, seu portfólio e conseguiu marcar uma entrevista! Com a animação vem também a ansiedade, o que é normal. Mas fique tranquilo: hoje vamos dar algumas dicas de atitudes que você precisa evitar para se dar bem nesse dia importante. Continue a leitura!

Parabéns, você conseguiu uma entrevista de emprego! Mas, será que você está realmente preparado para se sair bem nela?

Você pode ser uma pessoa extremamente competente e qualificada, ideal para o trabalho, mas existem algumas atitudes na hora da entrevista que podem fazer com que você acabe não sendo selecionado para o cargo que almeja.

Quer saber quais são? Então continue a leitura e aumente suas chances de impressionar seus entrevistadores!

 

Não conhecer a empresa ou sua área de atuação

Vamos começar pelo mais importante, que é: você não pode ir para sua entrevista sem conhecer nada sobre a empresa.

Pesquise, visite o site e as redes sociais da empresa, entenda sobre o ramo de atuação, os seus pontos fortes e fracos. Se conhecer alguém que trabalha ou trabalhou ali, melhor ainda!

Ao longo da entrevista, com certeza surgirão conversas em que você precisará demonstrar esses conhecimentos. Não precisa ler toda a história do lugar, mas comparecer à entrevista sem saber absolutamente nada sobre ele causará uma péssima impressão, como se você não tivesse interesse algum em fazer parte daquele ambiente.

 

Não dar atenção à maneira como conversa

A linguagem verbal é um fator muito importante para conquistar as pessoas. E na hora de uma entrevista de emprego não é diferente.

Evite uma fala insegura, baixa, cheia de pausas, e palavras como “eu acho”. Isso demonstra insegurança, o que não contribui para impressionar o entrevistador. Se você é tímido, pratique a entrevista com um amigo ou familiar antes!

Outro cuidado é com a escolha de palavras. Mesmo se a empresa for um local mais casual e descontraído, não é nada interessante utilizar gírias grosseiras e palavrões durante a conversa, principalmente com termos preconceituosos.

 

Abordar assuntos inconvenientes

Tão importante quanto à maneira de conversar, é o que conversar. A entrevista não deve ser um interrogatório. Na verdade, precisa fluir, como uma conversa.

Por isso, não fique mudo, respondendo apenas ao que é perguntado, com frases curtas e ensaiadas. E faça perguntas sobre a vaga e a empresa para demonstrar o seu interesse.

Mas também não saia tagarelando, contando histórias pessoais da sua vida. Aqui é essencial ter equilíbrio, sem falar pouco ou muito.

Se você persistentemente foge do tópico, que é o trabalho, o entrevistador pode achar que você não dá tanta importância à sua vida profissional e tem dificuldade para manter o foco.

Seu posicionamento político também não precisa ser expresso em uma entrevista de emprego, uma vez que isso é algo pessoal e nada tem a ver com as tarefas que você precisará desempenhar.

E mais importante: nunca minta. Talvez você queira impressionar, mas mentir e se descoberto vai ser um tiro no pé.

 

Ter uma postura corporal desleixada

Nossa linguagem corporal comunica muita coisa e, dependendo de como você se comporta, pode passar sinais que você não quer.

Cruzar os braços, por exemplo, pode passar a imagem de quem não está receptivo. Uma postura curvada indica insegurança e receio, e semicerrar os olhos pode comunicar dúvidas.

Você já conversou com alguém que nunca te olhava nos olhos? Isso também precisa ser evitado, já que demonstra falta de confiança e até mesmo passa a impressão de que você pode estar mentindo.

Mesmo se sua entrevista for online, tudo isso ainda se aplica já que é possível verificar sua postura por vídeo.

 

Se vestir de qualquer jeito

Escolher uma roupa inapropriada é pedir para não ser selecionado.

Pesquise o dress code da empresa e vista-se de acordo com o cargo pretendido. Mesmo se você não tiver ideia do tipo de roupa ideal, sempre escolha algo confortável, discreto e agradável.

É apenas uma questão de bom senso: evite aquela bermuda fresquinha que você usa em churrasco com amigos, ir de chinelo, ou roupas muito curtas e decotadas, que não têm nada demais em outros contextos, mas que não são adequadas nessa situação.

Outro ponto importante é o uso de perfumes. Não exagere! Use um perfume leve. Você sabia que 30% das pessoas odeiam cheiros fortes? Imagine entrar para fazer sua entrevista e o pobre recrutador ficar espirrando e passando mal de alergia? Então, atenção para isso!

 

Atitudes inapropriadas

Para concluir, vamos listar algumas outras atitudes que podem te prejudicar, antes e durante a entrevista.

Na noite anterior, evite assistir a filmes e ficar no celular até tarde da noite. A luz que as telas emitem podem prejudicar o seu sono, resultando em uma aparência cansada e falta de foco durante a conversa.

Além disso, evite comer coisas pesadas e de cheiro forte antes da entrevista. Isso porque você pode até acabar se sentindo mal, caso fique nervoso. E o cheiro de fritura, por exemplo, não é agradável de se sentir em uma sala fechada.

Uma atitude muito chata nessa hora é ficar segurando o celular o tempo todo, com ele vibrando, ou com você checando as notificações. Isso demonstra muita falta de interesse e até de educação.

E lembre-se: leve uma garrafinha de água com você. Você pode estar nervoso ou desconfortável e manter-se hidratado vai te ajudar.

 

Agora você já está mais preparado para conquistar a vaga que deseja! Lembre-se desses pontos abordados e boa sorte!

O que NÃO fazer em uma entrevista de emprego?