Faculdade São Luís recebeu a visita dos Indígenas da aldeia “Tabaçu Rekó Ypy”
16/08/2022
Departamento de Marketing
Dia 16 de agosto, a Faculdade São Luís recebeu a visita dos Indígenas da aldeia “Tabaçu Rekó Ypy” de Peruíbe-SP, que estão na região, defendendo a importância da preservação ambiental.

No dia 16 de agosto, a Faculdade São Luís recebeu a visita dos Indígenas da aldeia “Tabaçu Rekó Ypy” de Peruíbe-SP, que estão na região, defendendo a importância da preservação ambiental.

>Casal Morubixaba (chefes da aldeia): Wurá e Itamirim da aldeia Tabaçu Reko Ypy.

Integrantes da comunidade indígena.

O grupo indígena da aldeia Tabaçú Rekó Ypy, descendentes do Tupi-Guarani, estão na cidade a convite da ONG Organização Cultural e Ambiental (OCA), representada pela Professora Floripes da Silva (Professora Flora) que falou sobre a importância deste trabalho que é realizado para ampliar o conhecimento da população sobre os povos indígenas.

Professora Flora – ONG Organização Cultural e Ambiental (OCA).

 

Profa. Dra. Lucia Vasques Diretora Acadêmica da Faculdade São Luís dando as boas-vindas aos integrantes da comunidade >Tabaçu Reko Ypy.

 

A aldeia do grupo, fica localizada na divisa entre Itanhaém e Peruíbe (litoral sul de São Paulo), e nesta visita à região eles estão realizando uma troca cultural, tendo o objetivo de trazer para a população, a reflexão sobre a importância do cuidado com o meio ambiente, despertando nas pessoas a consciência para que continuem preservando a natureza.

>

 

Durante a visita na Faculdade, os indígenas apresentaram aos alunos e professores alguns cantos e danças do seu povo, e disseram que as letras das músicas são voltadas para as crianças, como base de ensinamento para elas, assim como nas escolas são utilizados os livros.

Alguns alunos puderam participar da dança, interagindo com os indígenas e tendo a oportunidade de vivenciarem a cultura tupi-guarani.

Alunos participando da dança.

Através dos relatos da Itamirim, mulher do Morubixaba (cacique, ou líder da comunidade) da aldeia, os presentes tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre as dificuldades e lutas que o povo indígena enfrenta no seu dia-a-dia, sendo um momento de grande troca cultural que cativou e surpreendeu a todos.

A comunidade indígena Tabaçú Rekó Ypy, atualmente recebe grupos turísticos para visitação na comunidade, e todas às sextas-feiras a aldeia está aberta para visitação, além de realizarem várias festas típicas durante o ano, que sempre são abertas ao público.

Artesanatos produzidos pelos indígenas.

Para quem quiser saber mais sobre a comunidade Tabaçú, é só acessar a página Aldeia Tabaçu Reko Ypy no Facebook (https://www.facebook.com/aldeia.t.rekoypy) e no Instagram @aldeia.try

Confira abaixo as fotos das turmas de alunos presentes no evento.

Administração

Agronomia

Ciências Biológicas

Direito

Enfermagem

Enfermagem

Nutrição

Pedagogia

Pedagogia

Pedagogia

Psicologia

 

Faculdade São Luís recebeu a visita dos Indígenas da aldeia “Tabaçu Rekó Ypy”